Pesquisar

Mostrando postagens com marcador alimentação. Mostrar todas as postagens
Mostrando postagens com marcador alimentação. Mostrar todas as postagens

04/12/2013

 

30/01/2013

Almoçar cedo facilita a perda de peso  


Hora da refeição 
tem ligação com
 diabetes
 Almoçar cedo facilita a perda de peso




Horário das refeições pode influenciar o emagrecimento

Estudo indica que almoçar mais cedo favorece a perda calórica


Por Minha Vida -


Pesquisadores do Brigham and Womens Hospital (EUA), em colaboração com a University of Murcia e a Tufts University, na Espanha, descobriram que não é simplesmente o que você come, mas também quando você come que pode ajudar no emagrecimento
O estudo foi publicado dia 29 de janeiro no International Journal of Obesity.

Para avaliar a influência do horário das refeições na perda de peso, os cientistas acompanharam 520 participantes com excesso de peso que seguiram um programa de 20 semanas de tratamento para obesidade

As pessoas foram divididas em dois grupos: aquelas que comiam mais durante a manhã e as que preferiam comer em horários mais tardios - a refeição de referência foi o almoço.

O primeiro grupo almoçou em qualquer momento antes das 15 horas, enquanto o segundo grupo fez a refeição após esse horário. 

Todos os participantes deveriam consumir no almoço 40% das calorias totais do dia.

Analisando os resultados, os autores descobriram que as pessoas que comeram mais cedo perderam mais peso durante o mesmo período do que aquelas que comeram mais tarde. 

Os especialistas explicam que o metabolismo das pessoas que comeram após as 15 horas era mais lento, tornando o ritmo de perda de peso igualmente mais baixo. 

Esse grupo também mostrou uma maior sensibilidade à insulina, um conhecido fator de risco para diabetes.

Os estudiosos notaram que o horário das demais refeições não desempenhava um papel tão significativo na perda de peso. 

Os pesquisadores também examinaram outros fatores tradicionais que atuam na perda de peso, como a ingestão de calorias totais, os hormônios do apetite leptina e grelina e a duração do sono. 

Entre esses fatores, os pesquisadores não encontraram diferenças entre os dois grupos, o que sugere que o momento da refeição foi um fator importante e independente no sucesso da perda de peso.

Sete atitudes para tornar a sua dieta mais empolgante
 
Fazer uma reeducação alimentar costuma gerar uma sensação de privação para aqueles que seguem a dieta e as orientações do nutricionista à risca. 

A mudança de hábitos, porém, deve ser gradual: escolhendo melhor as refeições e não abdicando dos pequenos prazeres à mesa, só que tudo na quantidade certa. 

Além disso, ao tornar o regime mais agradável, o comprometimento com a perda de peso aumenta e o objetivo é alcançado com maior facilidade. 

Saiba sete maneiras criativas para tornar a sua dieta ainda mais eficaz: 


  • Programar um timer  - Getty Images
  • Explorar novos sabores - Getty Images
  • Criar recompensas - Getty Images
  • Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles - Getty Images
  • Tirar fotos do antes e depois - Getty Images
  • Criar um diário alimentar ou blog  - Getty Images
  • Organizar a cozinha de maneira criativa e prática - Getty Images
 
 
Programar um timer  - Getty Images

1. Programar um timer

Se você "engole" toda a sua refeição em cinco minutos uma boa solução é contar com a ajuda de um timer (um contador de tempo). 


Marque 25 minutos no aparelho e se esforce para comer mais devagar, mastigando várias vezes e aproveitando o momento do café da manhã, almoço e jantar para saborear a comida, lembrar o quanto cada alimento é gostoso e, de quebra, favorecer a digestão.

Além do timer, a nutricionista Daniela Cyrulin dá as seguintes dicas: conte as mastigadas, mastigue 20 vezes cada garfada. 


Procure comer acompanhando as outras pessoas da sua mesa. 

"Normalmente, quando comemos sozinho, comemos mais rápido para acabar logo", diz ela. 

Apoie os talheres na mesa após cada garfada. Só prepare a próxima garfada depois que já engoliu a anterior. 

Na hora da refeição, desligue a televisão e o computador ou qualquer aparelho que possa tirar a sua concentração.  


Explorar novos sabores - Getty Images 2. Explorar novos sabores

Temperos, frutas exóticas, pratos novos.


 Experimente de tudo! Isso faz com que a dieta saia da rotina e continue fácil de segui-la. 

De acordo com a nutricionista chefe do Dieta e Saúde, Roberta Stella, em vez de pensar no que você não poderá comer, você deve pensar no que poderá! 

Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados. 

A especialista afirma que dessa forma o seu paladar será estimulado, testado e você poderá contar sempre com novos alimentos para variar as suas refeições. 


Criar recompensas - Getty Images
3. Criar recompensas

O sistema de recompensas é como um jogo no qual, quando você atinge o seu objetivo, o seu esforço é valorizado. 


Com o regime, deve funcionar igual: você estipula várias metas, desde as mais simples e fáceis de alcançar até aquelas mais complicadas que requerem mais esforço e tempo, e ao atingir cada meta você estipula um tipo de recompensa para si mesmo. 

Um exemplo: quando você perde três quilos, você tem direito a fazer uma massagem corporal ou se dar de presente um jeans novo de tamanho menor. 

Só lembre-se de escolher presentinhos possíveis e que não vão estourar seu orçamento. 

"O sistema de recompensas é saudável, mas não recompensas ligadas à comida, senão você corre o risco de colocar tudo a perder", explica a nutricionista Daniela Cyrulin. 

O ideal é encaixar na dieta um pouco de tudo. 

Se você é chocólatra, por exemplo, permita-se um pedaço de chocolate ou de uma sobremesa para matar a vontade.  


Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles - Getty Images 4. Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles

Na hora de escolher pratos e copos muita gente acredita que tanto faz o modelo e que o importante é a durabilidade das louças. 


Entretanto, ao comprar um modelo mais bonito com alguma cor ou estampa da sua preferência, você torna a refeição mais agradável. 

Além disso, ao utilizar um prato de sobremesa em vez do de tamanho normal ou um copo menor para almoçar ou jantar, você diminui a ingestão de calorias e acaba comendo menos.

 Ao mesmo tempo, o prato vai aparentar estar cheio e o copo também, isso trará uma grande satisfação e até saciedade, mesmo com uma menor ingestão de alimentos e líquidos. 


Tirar fotos do antes e depois - Getty Images
5. Tirar fotos do antes e depois

Sabia que as fotos podem ser grandes aliadas na perda de peso? 


Muitas pessoas costumam se motivar a iniciar uma reeducação alimentar ao se verem fora de forma em fotografias. 

E, a cada 15 dias, tirar uma foto e ver como anda a transformação do seu corpo pode te motivar ainda mais a continuar com a dieta e com os exercícios físicos. 

 Mas, lembre-se: se você ficar tirando foto todos os dias o efeito pode ser negativo, e você vai sentir que não está perdendo peso. 

O espaço de 15 dias entre cada foto é fundamental para que você possa observar as mudanças no seu corpo a cada período. 

Uma boa tática que a especialista Daniela Cyrulin recomenda é: se você já pesou menos algum dia, espalhe pela casa, na porta da geladeira, dos armários da despensa, aquela sua foto com o corpo, que você adora.



Criar um diário alimentar ou blog  - Getty Images
6. Criar um diário alimentar ou blog

Escrever o que você anda fazendo e comendo no dia a dia diminui a ansiedade e traz resultados muito positivos para a dieta. 


No programa alimentar do Dieta e Saúde, comandado pela nutricionista Roberta Stella, os assinantes são estimulados a criarem blogs para compartilhar os desafios e sucessos da sua perda de peso. 

"Isso cria uma rede de relacionamentos de pessoas que estão focadas em um mesmo objetivo: perde peso, mudar os hábitos e tornar-se uma pessoa mais saudável", explica Roberta.

Um comenta no blog do outro, estimulando, alertando e ajudando os seus companheiros de dieta na sua meta, fazendo do emagrecimento um processo mais estimulante. 


"Além disso, ao escrever sobre o que você consome ou quanto você malha, dá para verificar onde é que você está errando ou exagerando, contribuindo para uma perda de peso mais rápida", diz a nutricionista. 


Organizar a cozinha de maneira criativa e prática - Getty Images
7. Organizar a cozinha de maneira criativa e prática
Arrumar a cozinha pode ser divertido e beneficiar (e muito!) a dieta, pois você pode escolher o que deixar à mão - os alimentos saudáveis - e esconder as tentações. 


Segundo a nutricionista Daniela Cyrulin, o primeiro passo é não ter em casa aquilo que você sabe que é difícil de resistir. 

E se tiver filhos ou morar com outras pessoas, peça para que guardem esses alimentos num local mais escondido, longe de seu campo de visão. 

Organize sua despensa e geladeira e deixe em seu campo de visão, os alimentos mais favoráveis a sua dieta. 

E o mais importante: tenha sempre ingredientes básicos à mão: nozes, frutas secas, frutas, queijos magros, iogurtes, barrinhas, adoçante, leite desnatado, carnes magras, atum em lata (light), arroz integral, grãos e cereais integrais. 
    fonte:
    horario-das-refeicoes-
    emagrecimento




Almoçar cedo facilita a perda de peso  


Hora da refeição 
tem ligação com
 diabetes
 Almoçar cedo facilita a perda de peso


Horário das refeições pode influenciar o emagrecimento

Estudo indica que almoçar mais cedo favorece a perda calórica


Por Minha Vida - publicado em 29/01/2013


Pesquisadores do Brigham and Womens Hospital (EUA), em colaboração com a University of Murcia e a Tufts University, na Espanha, descobriram que não é simplesmente o que você come, mas também quando você come que pode ajudar no emagrecimento
O estudo foi publicado dia 29 de janeiro no International Journal of Obesity.

Para avaliar a influência do horário das refeições na perda de peso, os cientistas acompanharam 520 participantes com excesso de peso que seguiram um programa de 20 semanas de tratamento para obesidade

As pessoas foram divididas em dois grupos: aquelas que comiam mais durante a manhã e as que preferiam comer em horários mais tardios - a refeição de referência foi o almoço.

O primeiro grupo almoçou em qualquer momento antes das 15 horas, enquanto o segundo grupo fez a refeição após esse horário. 

Todos os participantes deveriam consumir no almoço 40% das calorias totais do dia.

Analisando os resultados, os autores descobriram que as pessoas que comeram mais cedo perderam mais peso durante o mesmo período do que aquelas que comeram mais tarde. 

Os especialistas explicam que o metabolismo das pessoas que comeram após as 15 horas era mais lento, tornando o ritmo de perda de peso igualmente mais baixo. 

Esse grupo também mostrou uma maior sensibilidade à insulina, um conhecido fator de risco para diabetes.

Os estudiosos notaram que o horário das demais refeições não desempenhava um papel tão significativo na perda de peso. 

Os pesquisadores também examinaram outros fatores tradicionais que atuam na perda de peso, como a ingestão de calorias totais, os hormônios do apetite leptina e grelina e a duração do sono. 

Entre esses fatores, os pesquisadores não encontraram diferenças entre os dois grupos, o que sugere que o momento da refeição foi um fator importante e independente no sucesso da perda de peso.

Sete atitudes para tornar a sua dieta mais empolgante
 
Fazer uma reeducação alimentar costuma gerar uma sensação de privação para aqueles que seguem a dieta e as orientações do nutricionista à risca. 

A mudança de hábitos, porém, deve ser gradual: escolhendo melhor as refeições e não abdicando dos pequenos prazeres à mesa, só que tudo na quantidade certa. 

Além disso, ao tornar o regime mais agradável, o comprometimento com a perda de peso aumenta e o objetivo é alcançado com maior facilidade. 

Saiba sete maneiras criativas para tornar a sua dieta ainda mais eficaz: 


  • Programar um timer  - Getty Images
  • Explorar novos sabores - Getty Images
  • Criar recompensas - Getty Images
  • Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles - Getty Images
  • Tirar fotos do antes e depois - Getty Images
  • Criar um diário alimentar ou blog  - Getty Images
  • Organizar a cozinha de maneira criativa e prática - Getty Images
 
 
Programar um timer  - Getty Images

1. Programar um timer

Se você "engole" toda a sua refeição em cinco minutos uma boa solução é contar com a ajuda de um timer (um contador de tempo). 


Marque 25 minutos no aparelho e se esforce para comer mais devagar, mastigando várias vezes e aproveitando o momento do café da manhã, almoço e jantar para saborear a comida, lembrar o quanto cada alimento é gostoso e, de quebra, favorecer a digestão.

Além do timer, a nutricionista Daniela Cyrulin dá as seguintes dicas: conte as mastigadas, mastigue 20 vezes cada garfada. 


Procure comer acompanhando as outras pessoas da sua mesa. 

"Normalmente, quando comemos sozinho, comemos mais rápido para acabar logo", diz ela. 

Apoie os talheres na mesa após cada garfada. Só prepare a próxima garfada depois que já engoliu a anterior. 

Na hora da refeição, desligue a televisão e o computador ou qualquer aparelho que possa tirar a sua concentração.  


Explorar novos sabores - Getty Images 2. Explorar novos sabores

Temperos, frutas exóticas, pratos novos.


 Experimente de tudo! Isso faz com que a dieta saia da rotina e continue fácil de segui-la. 

De acordo com a nutricionista chefe do Dieta e Saúde, Roberta Stella, em vez de pensar no que você não poderá comer, você deve pensar no que poderá! 

Novos sabores, texturas e muitos novos alimentos que não fazem parte da sua rotina alimentar poderão ser provados. 

A especialista afirma que dessa forma o seu paladar será estimulado, testado e você poderá contar sempre com novos alimentos para variar as suas refeições. 


Criar recompensas - Getty Images
3. Criar recompensas

O sistema de recompensas é como um jogo no qual, quando você atinge o seu objetivo, o seu esforço é valorizado. 


Com o regime, deve funcionar igual: você estipula várias metas, desde as mais simples e fáceis de alcançar até aquelas mais complicadas que requerem mais esforço e tempo, e ao atingir cada meta você estipula um tipo de recompensa para si mesmo. 

Um exemplo: quando você perde três quilos, você tem direito a fazer uma massagem corporal ou se dar de presente um jeans novo de tamanho menor. 

Só lembre-se de escolher presentinhos possíveis e que não vão estourar seu orçamento. 

"O sistema de recompensas é saudável, mas não recompensas ligadas à comida, senão você corre o risco de colocar tudo a perder", explica a nutricionista Daniela Cyrulin. 

O ideal é encaixar na dieta um pouco de tudo. 

Se você é chocólatra, por exemplo, permita-se um pedaço de chocolate ou de uma sobremesa para matar a vontade.  


Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles - Getty Images 4. Escolher pratos e copos bonitos e reduzir o tamanho deles

Na hora de escolher pratos e copos muita gente acredita que tanto faz o modelo e que o importante é a durabilidade das louças. 


Entretanto, ao comprar um modelo mais bonito com alguma cor ou estampa da sua preferência, você torna a refeição mais agradável. 

Além disso, ao utilizar um prato de sobremesa em vez do de tamanho normal ou um copo menor para almoçar ou jantar, você diminui a ingestão de calorias e acaba comendo menos.

 Ao mesmo tempo, o prato vai aparentar estar cheio e o copo também, isso trará uma grande satisfação e até saciedade, mesmo com uma menor ingestão de alimentos e líquidos. 


Tirar fotos do antes e depois - Getty Images
5. Tirar fotos do antes e depois

Sabia que as fotos podem ser grandes aliadas na perda de peso? 


Muitas pessoas costumam se motivar a iniciar uma reeducação alimentar ao se verem fora de forma em fotografias. 

E, a cada 15 dias, tirar uma foto e ver como anda a transformação do seu corpo pode te motivar ainda mais a continuar com a dieta e com os exercícios físicos. 

 Mas, lembre-se: se você ficar tirando foto todos os dias o efeito pode ser negativo, e você vai sentir que não está perdendo peso. 

O espaço de 15 dias entre cada foto é fundamental para que você possa observar as mudanças no seu corpo a cada período. 

Uma boa tática que a especialista Daniela Cyrulin recomenda é: se você já pesou menos algum dia, espalhe pela casa, na porta da geladeira, dos armários da despensa, aquela sua foto com o corpo, que você adora.



Criar um diário alimentar ou blog  - Getty Images
6. Criar um diário alimentar ou blog

Escrever o que você anda fazendo e comendo no dia a dia diminui a ansiedade e traz resultados muito positivos para a dieta. 


No programa alimentar do Dieta e Saúde, comandado pela nutricionista Roberta Stella, os assinantes são estimulados a criarem blogs para compartilhar os desafios e sucessos da sua perda de peso. 

"Isso cria uma rede de relacionamentos de pessoas que estão focadas em um mesmo objetivo: perde peso, mudar os hábitos e tornar-se uma pessoa mais saudável", explica Roberta.

Um comenta no blog do outro, estimulando, alertando e ajudando os seus companheiros de dieta na sua meta, fazendo do emagrecimento um processo mais estimulante. 


"Além disso, ao escrever sobre o que você consome ou quanto você malha, dá para verificar onde é que você está errando ou exagerando, contribuindo para uma perda de peso mais rápida", diz a nutricionista. 


Organizar a cozinha de maneira criativa e prática - Getty Images
7. Organizar a cozinha de maneira criativa e prática
Arrumar a cozinha pode ser divertido e beneficiar (e muito!) a dieta, pois você pode escolher o que deixar à mão - os alimentos saudáveis - e esconder as tentações. 


Segundo a nutricionista Daniela Cyrulin, o primeiro passo é não ter em casa aquilo que você sabe que é difícil de resistir. 

E se tiver filhos ou morar com outras pessoas, peça para que guardem esses alimentos num local mais escondido, longe de seu campo de visão. 

Organize sua despensa e geladeira e deixe em seu campo de visão, os alimentos mais favoráveis a sua dieta. 

E o mais importante: tenha sempre ingredientes básicos à mão: nozes, frutas secas, frutas, queijos magros, iogurtes, barrinhas, adoçante, leite desnatado, carnes magras, atum em lata (light), arroz integral, grãos e cereais integrais. 
     
     
    fonte:
    horario-das-refeicoes-
    emagrecimento


http://saude3x.blogspot.com.br

      
... Intensedebate ... 
Mensagens / Recados /  Comentários...
        
 

receba grátis novidades de "saúde 3x ", em seu email

+ vistos

Postagem em destaque

Os perigos do Omeprazol - o remédio que pode destruir a sua saúde!

Os perigos do Omeprazol -  o remédio que pode  destruir a sua saúde ! fonte:   asminhasdicas  "Muita gente já usou ...

categoria:

on

http://instagram.com/edilenebrandaodasilva LinkedInTwitter Facebookstumbleupon Google Plus RSS Feed Email KDVC

agregadores






Arquivo

Contact

TOP
Receba as atualizações em seu e-mail (Get Updates in your Email)
Complete the form below, and we'll send you our best of articles.

Deliver via FeedBurner